Postado por William Borges , domingo, maio 16, 2010 10:52

Deixa eu passar aí pra gente fumar um cigarro - prometo que vai ser rápido - hoje acordei com tanto para dizer, um tanto para contar, um tanto que não dá mais para esconder. Não tomarei muito do seu tempo, da sua vida, serão dois ou três tragos e então a despedida, dessa vez bem contida, como não poderia deixar de ser. Quero te falar das músicas que andei ouvindo, dos caminhos que estive descobrindo e das tardes frias que senti saudade, que senti vontade de bater aí na sua porta para te roubar para mim – sim, simples assim – para enfim partirmos adiante, avante, como já foram os nossos sonhos, as nossas promessas, as nossas conversas desperdiçadas pelos percalços da insensibilidade humana.

Não, não quero te fazer mudar de ideia.

Será apenas a minha mão na sua mão, um abraço distante e um beijo – faz algum tempo que não te vejo como te via, e acho que o nosso velho encontro ao menos parece digno de não ser engavetado, evitado, voluntariamente desmemorado das nossas memórias. Tenho aqui comigo uma última carta, as minhas últimas palavras, letras combinadas em lágrimas que passei muito tempo evitando, adiando e prolongando. Vou ler nos seus ouvidos – no meio do silêncio absoluto – e em seguida eu saio, vou embora, anuncio que chegou a hora, a nossa hora, de nos enganarmos pensando que podemos ser felizes esquecendo a nossa história.

8 Response to " "

Nath Ataíde Says:

que post lindo, você escrve muito bem seu blog é maravilhoso.
tbm estou te seguindo ;**

Ana Camila Says:

que crônica linda...
repleta de sentimentos,
adorei
abraços

www.daqueelejeito.blogspot.com

/+/ Rafael /+/ Says:

Porra, champs...
Vc escreve bem pra caralho

Guilherme Bayara Says:

Muito lindo!
É um texto envolvente!

parabéns!

Nath, Says:

ADOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOREI!
Acho que você TALVEZ goste do meu blog.
http://seilaasvezesirrita.blogspot.com/2010/05/catherine-quase-casada.html

E estou te seguindo,jornalista!
Haha Beijos,que DEUS te abençoe de uma forma grandiosa e sucesso!

Esther cyrraia Says:

como diria Spinoza, se não é feliz é pq ainda não é o fim!!
ótimo texto fluido apesar de reflexivo e profundo...

to seguindo teu blog
to te desejando sucesso!

Art =] Says:

cara...que texto bom *-*
parabens ae

Minerinha Says:

Meu DEEEEEUS, qe lindooooooooooooooo
perfeito , peerfeito, de 0a 10 ... 11
muito bom mesmo =D
Te sigo.

Postar um comentário