Acordar de sonhos intranquilos

Postado por William Borges , domingo, fevereiro 07, 2010 06:26

Ela disse que ficaria mais cinco minutos, nem um segundo a mais. Levantou da cama com calma, cobriu todo o corpo com uma camiseta velha que tinha achado no guarda-roupas, e acendeu um cigarro na janela aberta, olhando a cidade dormindo lá em baixo. Pensou no que tinha feito, no que estava fazendo, e no que faria mais tarde, trinta minutos mais tarde, quando o dia estaria amanhecendo. Pensou em nós dois, no que conversamos antes, nas promessas que fizemos para depois, e no agora - agora que tudo estava fazendo sentido. Então apagou no silêncio o cigarro, e deitou mais uma vez do meu lado. Sorrindo.

6 Response to "Acordar de sonhos intranquilos"

Vinicius Oliveira Says:

seu blog é novo ne? desejo boa sorte pelo blog, seu post ficou muito bom, voce escreve muito bem..
http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/ comenta no meu?

Sistema monetario Says:

Bacana o blog.
poesia profunda

Alexandre Terra Says:

legal o texto, tem continuação? posta ae mais!

abraços!

http://alexandreterra.blogspot.com/

Guilherme Says:

Legal o texto..
Boa sorte no Blog²

d pois olha o Meu:
http://ticogui.blogspot.com/

Abraços!

vvidon Says:

Boa sorte com o blog, meu camarada!

Ana Camila Says:

q linda cronica...gostei!!
adoro cronicas...
abraços
boa sorte com o blog ;)

www.daqueelejeito.blogspot.com

Postar um comentário